2 minutos de leitura

IFRS: o que são as Normas Internacionais de Contabilidade?

Falamos muito sobre a importância da área contábil para as empresas e sobre como é importante que as contabilidades tenham sabedoria para lidar com as informações sobre o negócio e também que saibam respeitar as legislações de cada país, uma vez que a não compreensão dessas informações pode ocasionar a não comparabilidade sobre os impactos de transações entre diferentes países. 

Isso tudo fica por conta do IFRS (International Financial Reporting Standard), ou as Normas Internacionais de Contabilidade.

Porém, você sabe o que são elas e como elas se aplicam na contabilidade da sua empresa e qual a importância delas?

Resultados da globalização

Se o avanço tecnológico impactou a socialização mundial e gerou uma globalização jamais vista, é claro que teríamos impactos no setor contábil também, uma vez que esse processo fortaleceu as relações entre instituições financeiras e ampliou a rede de negociações entre elas ao redor do mundo.

É importante, também, entender o momento anterior a essa globalização que, claro, sem essa comunicação direta, as empresas apresentavam particularidades com relação às normas de contabilidade e isso, em alguns casos, geravam conflitos quando havia algum contato com alguma contabilidade de outro local.

Assim, houve uma necessidade de uma padronização de normas, foi então que diversos países adotaram as Normas Internacionais de Contabilidade.

E o que é o IFRS?

Do inglês “International Financial Reporting Standard” (Normas Internacionais de Relatórios Financeiros), o IFRS é um conjunto de normas que foram criadas em 2001 pelo IASB (International Accounting Standards Board, em português: Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade) com a intenção de padronizar os procedimentos contábeis e os critérios de negociação e é aplicado em cerca de 120 países ao redor do mundo para facilitar a comparação de informações entre as empresas.

Objetivos e importância das Normas

A padronização se dá pela definição de critérios de contabilização de certas contas. Para isso, existem pronunciamentos que definem esses critérios e, com isso, contadores de todo o mundo podem realizar lançamentos e registros da mesma maneira.

Com isso, da mesma forma que processos são feitos aqui, eles são feitos do outro lado do mundo, por exemplo. Então, a apresentação desses de números de qualquer país participante possibilita as análises de empresas que tenham essas informações.

O Brasil é um dos países que adotou as Normas Internacionais de Contabilidade, adaptando fazendo uma padronização das normas contábeis brasileiras.

Normas em vigência

Hoje, existem 32 Normas Normas Internacionais de Relatório Financeiro, entre IFRS e IAS. Entre alguns dos itens, temos:

  • Pagamento baseado em ações;
  • Aquisição e controle de organizações;
  • Diretrizes para elaborar e apresentar as demonstrações.

Conte com a Dome

Para que seu negócio tenha o melhor desempenho, conte com a consultoria da Dome, fazemos a implantação e adequação às IFRS, além disso, temos a contabilidade inteligente, que proporciona:

  • Busca permanente por benefícios fiscais;
  • Apresentação simplificada e presencial dos resultados mensalmente;
  • Informações em tempo real, úteis para tomada de decisões;
  • Vivência do negócio e atendimento customizado;
  • Auditoria mensal para garantir conformidade com o fisco.

Fale já com um de nossos especialistas e contrate a melhor consultoria para a sua empresa.

Compartilhe:

Também recomendamos essas leituras para você:

DIRBI: o que é a nova obrigação acessória e quem deve entregar?

IVA: Como será o imposto dual brasileiro?

Imposto Territorial Rural – ITR: o que é e como funciona

Conteúdo relevante, confiável e estratégico em primeira mão no seu e-mail!

Suas informações foram enviadas com sucesso.